Homero

 

Ó poeta inigualável – um louco mistério velou

Tua vida imorredoura. Muito pouco da tua Verdade

A nossa mente colhe do cerne sonolento da história.

Tuas vastas aventuras, Ilíada e Odisseia,

São chamas fulgurantes de sóis-guerreiros.

Cego como uma pedra, foste a luz da Grécia.

Sempre a nação vive no teu mar de enorme orgulho.

 

— Sri Chinmoy