26 de abril: O Serviço Divino – meditação matinal diária

no-darkness-can-forever-remain-unmesh

Serviço é auto-expansão. Um buscador sincero serve, precisamente, porque sabe que não há e nem pode haver, nada diferente do serviço. Quando ele serve a humanidade aspirante, é porque a sua necessidade interior o ordena a servir.

 

O serviço é, frequentemente, mal interpretado. Nós sentimos que, se pretendemos servir, teremos de servir a tudo e a todos. Todavia, na vida espiritual, sabemos que o serviço deve ser prestado, somente, àqueles que estão prontos para recebê-lo. Senão, o nosso serviço será mal interpretado. Se alguém está a dormir e você tenta acordá-lo, porque vê que o sol já nasceu, ele pode ficar com raiva ou importunado, dizendo: “Que direito você tem de perturbar o meu precioso sono?” Apenas se o nosso serviço for prestado a alguém que deseja ser acordado ou que está pronto para ser acordado, a alguém que deseja luz ou que precisa de luz, é que ele poderá ser corretamente aproveitado.

Ame a Deus

Para agradar a si mesmo.

Sirva a Deus

Para agradar- Lhe.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano

Deixe um comentário ou contribua com um poema

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s