23 de março: Focar na Fonte – meditação matinal diária

sympathy-does-not-thinkflower-blue-sky

Não pense no passado. Siga em frente com uma mente silenciosa e não fique onde está com as suas memórias-amarras.

 

Se alguém acalenta ou lamenta os seus erros, fortalece inconscientemente a sua própria culpa. Eu posso até pensar: “Eu estou arrependido.” Mas, por que devo arrepender-me? Se eu fiz algo errado, também tenho a capacidade de fazer a coisa certa. Focalizando toda a nossa atenção na coisa certa, aumentaremos a nossa força positiva. O sentimento de culpa, o sentimento constante de auto-reprovação, infelizmente permeia todo o mundo ocidental. Se a minha Fonte é Deus, a infinita Luz absoluta, se sei que é de lá que eu vim, então algum dia devo voltar à minha Fonte. Durante a minha estadia na Terra eu tive, desafortunadamente, algumas experiências prejudiciais, não inspiradoras e destrutivas. E agora devo livrar-me dessas tristes experiências. Eu terei experiências satisfatórias na minha vida. Para isso, devo concentrar-me apenas na coisa certa, na coisa divina, a qual me trará satisfação e não nas coisas que se colocaram no meu caminho.

O Olho-Compaixão de Deus dá-nos

Não apenas uma chance

Mas, incontáveis chances

Para mudarmos os nossos maus caminhos.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano

Deixe um comentário ou contribua com um poema

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s