18 de janeiro: A Humildade e a Humanidade – meditação diária matinal

each-good-thought-is-an-open-door

Quando nos tornamos verdadeiramente humildes, oferecemos mais da nossa capacidade, divindade e realidade. Somente sendo humildes podemos tornar-nos o que realmente somos. Teremos maior utilidade e seremos de maior auxílio para a humanidade.

 

Devemos encarar a humildade como um presente divino e um presente supremo. É algo que temos de oferecer à humanidade. Sintamos que a humildade é o nosso sentimento de consagrada unicidade com a humanidade. Abordando a humildade no seu sentido mais puro e elevado, poderemos tornar-nos verdadeiramente humildes. Humildade não é tocar os pés de alguém. É algo a ser compartilhado com o resto do mundo. É a vida-Deus dentro de nós. Quanto mais nos elevarmos, maior será a nossa promessa ao Supremo na humanidade. Quanto mais luz recebermos, em virtude de nossa humildade, mais deveremos oferecer à humanidade.

Todos os dias

Você deve praticar a humildade

E juntar as suas mãos orgulhosas

Em preces Céu-ascendentes.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano. 

Deixe um comentário ou contribua com um poema

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s