20 de novembro: Fazer a sua parte e deixar os resultados com o Supremo – meditação matinal

may-silence-be

Nas suas horas de inquietação, ele medita em Deus incondicionalmente. Nas suas horas de paz, ele medita em si mesmo, o futuro Deus.

 

Se alguém é sincero e realmente aspira, ele ora e medita de um modo divino, de acordo com a sua capacidade. Ele faz o que pode e, ao mesmo tempo, observa todas as condições, calamidades e forças ao seu redor, dizendo: “Eu fiz a minha parte. Agora fica a cargo de Deus livrar-me dessas forças não divinas ou experiências desagradáveis.” Essa é a melhor postura. Se pudermos ir, profundamente, ao nosso interior todos os dias na nossa meditação, vamos nos transformar no observador e na testemunha. Mas, se não pudermos fazê-lo todos os dias durante a nossa meditação, a segunda melhor coisa é agir como um herói e oferecer os resultados das nossas ações a Deus. O resultado pode talvez tomar a forma de derrota. Masse pudermos oferecer alegremente, o resultado a Deus, estaremos agindo como um herói divino.

Nenhuma diferença, nenhuma,

Entre um herói divino

E um agente supremo.

Nenhuma diferença, nenhuma,

Entre um agente supremo

E um amante-satisfação-Deus.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

Deixe um comentário ou contribua com um poema

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s