Seja a neve derretendo. Lave-se de si mesmo. Uma flor branca cresce no silêncio. Que sua língua se torne essa flor. -Rumi

Seja a neve derretendo.

Lave-se de si mesmo.

Uma flor branca cresce no silêncio.

Que sua língua se torne essa flor.

-Rumi

Deixe um comentário ou contribua com um poema

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s